Aliança Bike e Abralog assinam termo de cooperação para desenvolvimento da ciclologística

COMPARTILHE:
As associações Aliança Bike e Abralog assinaram um inédito Acordo de Cooperação Técnica para o pleno desenvolvimento da ciclologística no país. A ideia com este instrumento é promover estudos, projetos e estratégias para solucionar os principais entraves que hoje dificultam a adoção das entregas em bicicletas por empresas e governos.

Este esforço combinado é muito importante e, com a força dos dois setores, vamos construir uma agenda nacional para o pleno desenvolvimento da ciclologística no país. (Giancarlo Clini, Presidente do Conselho Deliberativo da Aliança Bike)

Já o presidente da Abralog, Pedro Francisco Moreira, acredita ser necessário acelerar o protagonismo das bicicletas nas entregas urbanas.

Isso só trás vantagens: eliminação de poluentes,  melhora da qualidade de vida, em função de menos congestionamentos, e ainda o fator de custo, já que o uso de lockers e bikes na chamada last mile chega a reduzir o preço em cerca de 25%. (Pedro Moreira, Presidente da Abralog)

Para a Abralog, segundo Moreira, a ciclologística é um modo de transporte extremamente importante para a cadeia de suprimento, ainda mais agora quando o e-commerce definitivamente deslanchou no país.

A Associação Brasileira de Logística (Abralog) é um organismo de estudo, debate e divulgação da logística e supply chain no Brasil. Entidade sem fins lucrativos, tem como foco a promoção da Logística através da integração de seus associados, prestando serviços, captando informações, disseminando conhecimentos, exercendo ação política e contribuindo para o aumento da competitividade do setor.

Já a Associação Brasileira do Setor de Bicicletas (Aliança Bike), criada em 2003, tem como missão fortalecer o setor de bicicletas e o seu uso por brasileiras e brasileiros, atuando em diversas frentes de trabalho para promover o uso de bicicletas como transporte, esporte e lazer. Com mais de 90 associados, a Aliança Bike conta hoje com oito grupos de trabalho ativos e tem se dedicado a produzir estudos e pesquisas, campanhas, articulação política e projetos especiais que visam impulsionar a economia da bicicleta no Brasil.

Confira o documento assinado: CLICAR AQUI

Envie sua mensagem