Retrospectiva 2020

COMPARTILHE:

O ano de 2020 foi um ano desafiador para o setor de bicicletas no Brasil, em inúmeros sentidos. A apreensão com o início da pandemia, seguida de um boom na procura por bicicletas, passando por recordes de vendas até as falhas na oferta de componentes no mercado global.

Do ponto de vista institucional, 2020 foi um ano de intenso trabalho na Aliança Bike, com conquistas importantes e muitas entregas: reconhecimento das bicicletarias como serviço essencial, mais de 10 pesquisas e estudos inéditos, campanhas, reuniões e contatos com instâncias políticas, entre outras ações.

A participação dos associados foi fundamental para o desenvolvimento dos trabalhos. Resultado disso é que o número de associados cresceu 68% em 2020, um recorde histórico para a Aliança Bike.

CONFIRA AQUI A RETROSPECTIVA COMPLETA DE 2020

Conquistas destacadas de 2020:

  • Criação de código PRODLIST específico para bicicletas elétricas junto ao IBGE e à Produção Industrial Anual (PIA).
  • Aprovação e sanção da lei que cria a política municipal de ciclologística na cidade de São Paulo.
  • Conquista do reconhecimento das bicicletarias e da mecânica de bicicletas como serviço essencial durante a pandemia em diversos Estados e capitais.
  • Aliança Bike foi vencedora do prêmio “Promovendo a mobilidade por bicicletas no Brasil” na categoria Levantamento de dados, com a pesquisa de perfil dos ciclistas entregadores de aplicativo.
  • Redução do imposto de importação de câmbios e pinhões de roda livre de 16% para 2%.
  • Pump Track no Parque das Bicicletas, conquista do GT-Bike (Esporte e Lazer) em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer da cidade de São Paulo.
  • Aumento de 68% no número de associados em 2020.

Entre na conversa Um comentário

  • ANTONIO CARLOS RODRIGUES NUNES disse:

    Atualmente uso para os meus deslocamentos diários, bicicleta comum e uma bicicleta a motor 2 tempos, porém reconheço que é um veículo ultrapassado, poluidor e consome muito combustível, tenho moto, mas uso só nos fins de semana, gostaria de assim que as bikes elétricas ficassem mais acessíveis, substituir, tanto a bicicleta comum, pois qui na cidade onde moro venta bastante, o que faz com que eu recorra a bicicleta a motor, quanto a movida a motor 2 tempos, pelas razões que citei acima.

Envie sua mensagem