Chamada de trabalho para pesquisadores(as) para desenvolvimento do estudo “Economia da Bicicleta no Brasil”

Por 7 de julho de 2020 julho 19th, 2020 Aliança Bike em Ação, Notícias
COMPARTILHE:

A Aliança Bike, o LABMOB (UFRJ) e o Banco Itaú anunciam nova edição do estudo “Economia da Bicicleta no Brasil” e, nesta edição, o estudo será dividido em quatro cadernos técnicos: (1) produção e montagem; (2) comércio atacadista e varejista; (3) importação e exportação; (4) bicicletas elétricas.

Para a realização de três cadernos técnicos estamos abrindo uma chamada pública para que pesquisadores interessados enviem seus currículos até o dia 13 de Julho para atuarem na coordenação executiva de cada caderno. Seguem, abaixo, as chamadas:

 

PRODUÇÃO E MONTAGEM DE BICICLETAS E COMPONENTES

SOBRE A PESQUISA E OBJETIVOS

Esta será a segunda edição do estudo “Economia da Bicicleta no Brasil”, realizado em 2017, com foco na cadeia produtiva da bicicleta. Serão produzidos quatro cadernos técnicos, sendo um deles com enfoque no setor de produção e montagem de bicicletas e de componentes. Os objetivos são: (a) apresentar comparativamente os números em relação ao relatório de 2017, (b) analisar o panorama e as tendências desse setor e (c) investigar 01 estudo de caso do setor.

PRODUTO 

Elaboração de 1 (um) relatório de pesquisa quali-quanti (aproximadamente 50 laudas) – a ser entregue em Setembro de 2020.

ATIVIDADES

  • Participar de reuniões (presenciais e/ou remotas) com a Coordenação Geral da pesquisa durante a vigência da contratação;
  • Replicar e/ou contribuir com a qualificação do arcabouço metodológico proposto pela Coordenação Geral para a coleta dos dados;
  • Tratar dados secundários que serão coletados a partir de fontes como a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Ministério do Trabalho, e Pesquisa Industrial Anual (PIA) do IBGE para obtenção de dados quantitativos;
  • Realizar estudo de caso com (1) empresa do setor de produção e montagem de modo para obtenção de dados qualitativos;
  • Organizar uma planilha com os dados coletados;
  • Analisar os dados de modo comparativo ao relatório de 2017 e, também, com respaldo bibliográfico (artigos científicos, capítulos de livros, notícias etc.);
  • Redigir o relatório de pesquisa.

PRÉ-REQUISITOS

  • Possuir especialização profissional e/ou experiência de trabalho com dados e análise de cenários nas área de mobilidade urbana sustentável e/ou economia política;
  • Apresentar conhecimento do contexto político-institucional dos atores envolvidos com a agenda da bicicleta no Brasil;
  • Saber manipular dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Ministério do Trabalho; da Pesquisa Industrial Anual (IBGE) e da Secretaria de Comércio Exterior – SECEX será um diferencial.

CONDIÇÕES

Vigência do contrato: 2 (dois) meses – 20 de Julho a 20 de Setembro de 2020;

Disponibilidade para trabalhar remotamente.

REMUNERAÇÃO

R$ 6.000,00 (seis mil reais).

Os interessados deverão apresentar candidatura até 13 de Julho de 2020, enviando CV para: contato@aliancabike.org.br

 

IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE BICICLETAS E COMPONENTES

SOBRE A PESQUISA E OBJETIVOS

Esta será a segunda edição do estudo “Economia da Bicicleta no Brasil”, realizado em 2017, com foco na cadeia produtiva da bicicleta. Serão produzidos quatro cadernos técnicos, sendo um deles com enfoque no setor de importação e exportação de bicicletas e de componentes. Os objetivos são: (a) apresentar comparativamente os números em relação ao relatório de 2017, (b) analisar o panorama e as tendências desse setor e (c) investigar 01 estudo de caso do setor.

PRODUTO

Elaboração de 1 (um) relatório de pesquisa quali quanti (aproximadamente 50 laudas) – a ser entregue em Setembro de 2020.

ATIVIDADES

  • Participar de reuniões (presenciais e/ou remotas) com a Coordenação Geral da pesquisa durante a vigência da contratação;
  • Replicar e/ou contribuir com a qualificação do arcabouço metodológico proposto pela Coordenação Geral para a coleta dos dados;
  • Tratar dados secundários que serão coletados a partir de fontes como as da Secretaria de Comércio Exterior – SECEX para obtenção de dados quantitativos;
  • Realizar estudo de caso com (1) empresa do setor de importação e exportação para obtenção de dados qualitativos;
  • Organizar uma planilha com os dados coletados;
  • Analisar os dados de modo comparativo ao relatório de 2017 e, também, com respaldo bibliográfico (artigos científicos, capítulos de livros, notícias etc.);
  • Redigir o relatório de pesquisa.

PRÉ-REQUISITOS

  • Possuir especialização profissional e/ou experiência de trabalho com dados e análise de cenários nas área de mobilidade urbana sustentável e/ou economia política;
  • Apresentar conhecimento do contexto político-institucional dos atores envolvidos com a agenda da bicicleta no Brasil;
  • Saber manipular dados da Secretaria de Comércio Exterior – SECEX será um diferencial.

CONDIÇÕES

Vigência do contrato: 2 (dois) meses – 20 de Julho a 20 de Setembro de 2020;

Disponibilidade para trabalhar remotamente.

REMUNERAÇÃO

R$ 6.000,00 (seis mil reais).

Os interessados deverão apresentar candidatura até 13 de Julho de 2020, enviando CV para: contato@aliancabike.org.br

 

COMÉRCIO ATACADISTA E VAREJISTA DE BICICLETAS E COMPONENTES

SOBRE A PESQUISA E OBJETIVOS

Esta será a segunda edição do estudo “Economia da Bicicleta no Brasil”, realizado em 2017, com foco na cadeia produtiva da bicicleta. Serão produzidos quatro cadernos técnicos, sendo um deles com enfoque no setor de atacado e varejo de bicicletas e de componentes. Os objetivos são: (a) apresentar comparativamente os números em relação ao relatório de 2017, (b) analisar o panorama e as tendências desse setor e (c) investigar 02 estudos de caso do setor.

PRODUTO 

Elaboração de 1 (um) relatório de pesquisa quali quanti (aproximadamente 50 laudas) – a ser entregue em Setembro de 2020.

ATIVIDADES

  • Participar de reuniões (presenciais e/ou remotas) com a Coordenação Geral da pesquisa durante a vigência da contratação;
  • Replicar e/ou contribuir com a qualificação do arcabouço metodológico proposto pela Coordenação Geral para a coleta dos dados;
  • Tratar dados secundários que serão coletados a partir de fontes como a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), para obtenção de dados quantitativos;
  • Realizar estudo de caso com 2 (duas) empresas – uma do setor atacadista e outra do setor varejista – para obtenção de dados qualitativos;
  • Organizar uma planilha com os dados coletados;
  • Analisar os dados de modo comparativo ao relatório de 2017 e, também, com respaldo bibliográfico (artigos científicos, capítulos de livros, notícias etc.);
  • Redigir o relatório de pesquisa.

PRÉ-REQUISITOS

  • Possuir especialização profissional e/ou experiência de trabalho com dados e análise de cenários nas área de mobilidade urbana sustentável e/ou economia política;
  • Apresentar conhecimento do contexto político-institucional dos atores envolvidos com a agenda da bicicleta no Brasil;
  • Saber manipular dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Ministério do Trabalho, será um diferencial.

CONDIÇÕES

Vigência do contrato: 2 (dois) meses – 20 de Julho a 20 de Setembro de 2020;

Disponibilidade para trabalhar remotamente.

REMUNERAÇÃO

R$ 6.000,00 (seis mil reais).

Os interessados deverão apresentar candidatura até 13 de Julho, enviando CV para: contato@aliancabike.org.br

Envie sua mensagem