Skip to main content

“Em dez anos a propriedade privada de bicicletas vai acabar” | Bicicleta News

Por 27 de abril de 2021Bicicleta News
COMPARTILHE:

Em declaração polêmica, o CEO de uma empresa de assinatura de bicicletas decretou o fim da propriedade privada. A visão de mercado que ele traz é que em 10 anos o serviço que ele oferece será a norma entre ciclistas urbanos.

A previsão certamente é exagerada, mas os serviços de assinatura de veículos têm crescido no mundo todo. A começar pelas montadoras de automóveis que agora vendem “soluções de mobilidade”. Motoristas pagam uma tarifa mensal e usam um carro livremente, com a manutenção por conta das empresas. 

Mobilidade urbana compartilhada

Mas a solução já está disponível também para as bicicletas. São serviços de aluguel por mês, mas também as compartilhadas para viagens curtas e planos de uso mais baratos. De fato concreto, a mobilidade urbana compartilhada já é uma realidade.

Capaz de implementar uma solução de bicicletas compartilhadas em uma nova cidade em cerca de uma mês, a dinamarquesa Donkey Republic é um exemplo de inovação no setor. Utilizam uma plataforma de implementação colaborativa em parcerias com lojistas. A empresa tem hoje 14 mil bicicletas em circulação e planos para captar 100 milhões de coroas dinamarquesas (R$ 88 milhões) na bolsa. Para o futuro, a meta é de 50 mil veículos e faturamento anual de DKK 200 milhões (R$ 176 milhões) até 2024.

——–

Leia mais sobre o fim da bicicleta particular

Conheça os planos de expansão da Donkey Republic, de bicicletas compartilhadas de implementação colaborativa.