O setor de bicicletas no Brasil

Nesta área do site, organizamos um resumo dos principais dados e indicadores relacionados diretamente ao setor de bicicletas e componentes no Brasil, tais como produção (fabricação e montagem), importação e exportação, comércio atacadista e comércio varejista. Todos os dados são oficiais e de fontes do próprio governo federal, como o IBGE (Produção Industrial Anual), o Ministério da Economia (RAIS), entre outras.

Ao final incluímos dados de uso de bicicletas pelo país, utilizando como base o SIMOB/ANTP.

Produção de bicicletas

O Brasil é o quarto maior produtor mundial de bicicletas, por vezes superando a produção de 4 milhões de bicicletas por ano. A maior concentração de unidades fabris está localizada na região sudeste, com 168 fábricas, e São Paulo é o Estado que gera mais empregos nesta atividade, com 3.530 empregos diretos.

Importação e Exportação de bicicletas

Desde 2011 o volume de bicicletas (montadas) importadas vem diminuindo ano a ano. As exportações, no entanto, vêm crescendo, apesar do volume ser pequeno em comparação com a quantidade de bicicletas produzidas e importadas no país.

Comércio atacadista

Responsável pela distribuição de bicicletas e componentes ao varejo, o comércio atacadista possui uma característica mais concentrada de empresas, especialmente na região Sudeste – apenas o Estado de São Paulo, por exemplo, concentra 74 dos 269 estabelecimentos do país. As empresas de comércio atacadista de bicicletas e componentes geram mais de 3.200 empregos diretos no país.

Comércio varejista

As lojas de bicicletas representam a atividade da cadeia produtiva mais pulverizada pelo território nacional, estando presente em todas as Unidades da Federação e na maior parte dos municípios. É também o vetor da economia da bicicleta que mais emprega no país, com mais de 14 mil empregos diretos.

Bicicletas elétricas

Os dados ao lado fazem parte do do estudo Projeções e Análise da Demanda por Bicicletas Elétricas no Brasil, coordenado pela Aliança Bike e a Sidera Consult. Trata-se de uma estimativa de vendas de bicicletas elétricas, no Brasil, até 2022.

Utilização

Definir qual fonte confiável utilizar para falar sobre o uso de bicicletas no país é um desafio em si. Poucas regiões metropolitanas possuem pesquisas de origem e destino e poucos municípios – dos 5.570 municípios brasileiros – monitoram as viagens realizadas por cada modo de transporte. Os dados abaixo se referem ao SIMOB – um levantamento anual realizado pela Associação Nacional dos Transportes Públicos (ANTP) para monitorar as viagens realizadas por cada modo de transporte nas cidades brasileiras. A bicicleta é responsável, em média, por 3% de todas as viagens realizadas diariamente no território nacional.

Conheça os os projetos em andamento da Aliança Bike

Receba nossas novidades por e-mail