Logo
Cadeado fechado Área do associado

Cidade portuguesa investe em ciclovias e é o 16º município com mais bicicletas por habitante

25/08/2016 13h17 - Atualizado em 02/12/2016 14h58

Bicicleta não é apenas uma tendência de São Paulo e dos grandes centros brasileiros, mas sim mundial. Europa, Estados Unidos e Ásia também estão investindo em infraestrutura e condições para que cada vez mais pessoas utilizem a bike como meio de transporte, visando minimizar os congestionamentos, entre tantos outros benefícios propiciados pela pedalada. Em Almeirin, cidade portuguesa pertencente ao Distrito de Santarém, a criançada é incentivada ao uso de bicicletas desde cedo e ensinada a optar pelo meio sustentável de mobilidade. Como estratégia, a Câmara do município reduziu o custo de vendas de bicicletas infantis.

Pedro Ribeiro, presidente da Câmara do município, explicou que, no âmbito de uma política iniciada há uma década pela cidade com o projeto Almeirim on bike, o executivo decidiu reduzir o custo das magrelas para os pequenos, "porque é de pequeno que se aprende" e só com o uso frequente deste meio de transporte será possível cumprir as diretivas europeias relativas à mobilidade e à redução do dióxido de carbono. "Verificámos que cada vez há mais crianças que não sabem andar de bicicleta. Este programa é um incentivo a que aprendam", afirmou.

Numa primeira fase, o município disponibiliza 50 bicicletas e capacetes a um custo de 99 euros, definido após uma consulta ao mercado, procurando uma boa relação qualidade/preço. Com o projeto, o município já vendeu cerca de 800 bicicletas e mantém ativo um programa de empréstimo gratuito de bicicletas, o Al Gira, além da aposta feita nos últimos anos na construção de vários quilómetros de ciclovias.

Com larga tradição no uso da bicicleta, o conselho de Almeirim é o 16º do país com mais bicicletas per capita e apresenta um uso em pequenas distâncias (como no percurso casa/trabalho) seis vezes superior à média nacional, fatores que o município quer aproveitar para incentivar a mobilidade. Pedro Ribeiro afirmou que a Câmara de Almeirim quer formalizar a adesão ao projeto da Federação Portuguesa de Ciclismo "A bicicleta vai à escola", num acordo que está sendo preparado para envolver os municípios pertencentes à Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT), por ele presidida.

Também ao nível da CIMLT, vários municípios da região têm, no âmbito dos respetivos planos estratégicos de desenvolvimento urbano, na vertente da mobilidade, projetos para incentivar a partilha gratuita de bicicletas, adiantou.

 

Adaptado do portal do jornal português Público. Acesse a matéria original clicando aqui